quarta-feira, outubro 08, 2008

Palavras, para quê. É a justiça à la portuguesa

" Tinham sete armas de fogo, uma besta, vários gorros, luvas e até os documentos de um carro roubado.

Três homens suspeitos de crime violento e fortemente armados foram apanhados pela PSP de Sintra, mas acabaram por ser postos em liberdade por uma procuradora do Ministério Público (MP).

Em comunicado, a PSP referiu que, na sequência desta investigação depois da emissão de mandados de detenção pelo Ministério Público foram realizadas várias buscas domiciliárias na zona de Mem Martins, tendo sido detidos três homens e identificados outros seis.

Nestas buscas realizadas a PSP apreendeu três caçadeiras, um revólver, três armas de calibre 6.35 milímetros, vários gorros e luvas, uma besta, vários sacos com o logótipo do BPI com diversas moedas e “vários documentos relacionados com o roubo recente de uma viatura, através do método de carjacking, utilizada posteriormente num roubo a uma ourivesaria”.

No entanto, o mesmo MP que ordenou as buscas enviou os três suspeitos detidos para casa com termo de identidade e residência, uma vez que os crimes de que são suspeitos não pressupõem a aplicação da prisão preventiva e a nova lei das armas ainda não está em vigor.

Segundo o Correio da Manhã desta terça-feira, a procuradora aceitou as justificações dos detidos e não promoveu um interrogatório judicial, onde seriam presentes a um juiz de Instrução Criminal que poderia aplicar outras medidas de coacção como a prisão preventiva."

Explicação para as caçadeiras: Somos todos caçadores compulsivos, hábito que nos ficou de não termos meios de pôr alguma comida na mesa da família em virtude de estarmos desempregados e o subsidio de integração social ser insuficiente sequer para o tunning dos nossos carros.

Justificação para o revóver: nenhuma. É de plástico.

O porquê das 6.35: Usadas exclusivamente dissuasoras em caso de legítima defesa. Nem sequer possuimos munições.

Presença da besta: Brinquedo curioso que só lança virotões com ventosa para alvos de cartão. Totalmente inofensiva.

E então os sacos do BPI? São sacos de compras, publicitários, fornecidos gratuitamente pelo banco aos seus clientes.

Provas de carjacking: Quais provas? O carro foi-nos emprestado pelo dono. É a nossa palavra contra a dele. E nós somos mais.

Serei eu que sou estúpido, praticamente atrazado mental, com o queixo pendurado babando perante tal enormidade judicial?

Com legitimidade me questiono se a senhora procuradora terá aplicado todo o rigor de uma lei frouxa ou comportou-se, muito simplesmente, como incompetente, anjinha, cobarde ou do BE?

Quem nos protege de leis iníquas e de uma justiça licenciosa?

4 Comments:

Blogger Ruvasa escreveu...

Viva, JM Teles da Silva!

E assim vai este quintal, das conversas de taberna, dos telejornais de comadrices. Somos mesmo pequeninos. Mas querem-nos fazer ainda mais.

Abraço

Ruben

11:18  
Blogger NSR escreveu...

EX-RÁDIO VNS COM NOVA MORADA:

WWW.RÁDIO28.PT.VU

RÁDIO 28, A VOZ DE PORTUGAL!

11:13  
Anonymous titas escreveu...

que prazer tão grande me deste, amigão; a tua visita soube-me mesmo bem e chegou exactamente a poucas horas de partir para Itália
(italiano maridão, lá terá que ser).

Se, por um lado, sair daqui e dos actos tresloucados do nosso (des)governo e País, sei, por outro, que não vou encontrar melhor em Itália. Só que lá, aquilo é deles; aqui doi mais.

Um beijo grande para ti e até lá para meados de Julho

19:03  
Anonymous Anónimo escreveu...

Há alguns blogues que apagam sub-repticiamente qualquer comentário que não lhes agrade ou não o publicam, mesmo quando este é escrito educadamente e as suas observações apoiadas por provas irrefutáveis.

Um destes blogues é o Oeiras Local. Deve ser por contágio do condenado presidente da sua câmara. A deslealdade para com o tradicional espírito de blogue, a desonestidade e a má fé escondidas são assim bem demonstradas.

Este procedimento deve ser conhecido a fim de que se saiba que o seu conteúdo é interesseiro e os comentários não demonstram a verdade sobre o que os seus leitores pensam, ficando os outros leitores enganados e com uma ideia absolutamente errada acerca do que lêem. Este blogue é o espelho da mentira. É uma depravação daquilo que é um blogue.

Não tem mal se não for publicado, a verdade deve apenas ser conhecida.

15:32  

Enviar um comentário

<< Home

  • Aqui ao vosso dispôr ...
  • Powered by Blogger

    Technorati search